Crianças recebem orientações sobre leishmaniose e posse responsável de animais

Iniciativa foi desenvolvida por ONG em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde

Marília está mobilizada para conter a leishmaniose e outras doenças cujo ciclo envolvem animais e humanos. Iniciativa de uma ONG (Organização Não Governamental), em parceria com a Divisão de Zoonoses da Secretaria Municipal da Saúde, levou um grupo de alunos da rede municipal para aulas práticas sobre posse responsável de animais. Cerca de 50 estudantes da Emei Walt Disney participaram da ação.

A visita no espaço da Dpam (Defesa e Proteção Animal de Marília) foi orientada pelo dirigente da entidade, Fábio Alves Cabral, conhecido como Fábio Protetor. O grupo trabalha pelo combate aos abusos e violência, pela posse responsável e bem-estar animal.

As crianças, com média de cinco anos, conheceram cães que foram abandonados e resgatados. Puderam também ter contato com outros animais, como equinos. A veterinária Ticiana Donatti dos Reis, da Divisão de Zoonoses, explicou que a falta de cuidados com os bichos de estimação, além de maus tratos, também acarreta em riscos à saúde humana.

O trabalho, explica ela, contempla as ações de controle à leishmaniose, conforme protocolo do Ministério da Saúde. Ticiana agradeceu o dirigente da ONG e destacou como fundamental a parceira entre Poder Público e comunidade. “A Dpam faz um trabalho excelente e contribui muito para o bem-estar animal, consequentemente, impactando na saúde pública”, disse.

A atividade na ONG foi acompanhada pela supervisora de Saúde Luciana Teixeira Pereira, além de profissionais da Secretaria Municipal de Educação de Marília. Mais informações sobre as ações em saúde da Divisão de Zoonoses, contatos para palestras e convites podem ser feitos pelo telefone 3401-2054.

Fotos: Divulgação

Facebook Email