Dia “D” terá unidades de saúde abertas para vacinação das 8h às 17h neste sábado

Município recebeu resultado positivo para vírus Influenza B, em exame de investigação de óbito de mulher de 55 anos no final de abril

Na agenda da Saúde, este sábado (12) será marcado pelo “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, a popular gripe. Marília abre as 12 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e 37 USFs (Unidades Saúde da Família). A atualização de cadernetas de vacinação e imunização contra a gripe será das 8h às 17h.

A Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde de Marília atualizou dados, que confirmam a circulação do vírus e o risco de transmissão, com agravamento da doença (ver abaixo). Para minimizar esta ameaça, mais de 550 servidores trabalharão neste sábado.

A abertura oficial acontece em frente à UBS (unidade Básica de Saúde) JK, localizada à rua Lucílio Coelho de Oliveira, nº 5. Haverá distribuição de pipoca, algodão-doce e refrigerantes, além de pula-pula e brinquedos infláveis, e presença dos personagens infantis preferidos das crianças e do tradicional casal Zé e Maria Gotinha.

O “Dia D” também envolve os cirurgiões dentistas e ASBs (Auxiliares de Saúde Bucal) de todas as unidades. A vacinação contra a gripe é também oportunidade para a Campanha de Prevenção ao Câncer Bucal, quando é intensificado o exame de boca.

CASO CONFIRMADO

O município confirmou, nesta quinta-feira (10), o segundo caso de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) deste ano na cidade, com óbito. Mulher de 55 anos que morreu no final de abril, com diagnóstico anterior de diabetes e complicação pulmonar grave, teve resultado positivo para Influenza B.

O primeiro caso foi confirmado no final de março, porém, pelo vírus A (H3N2). O idoso de 83 anos (também com comorbidades) morreu no hospital em que estava internado.

“Os agravos pela gripe, independente do subtipo do vírus, podem acontecer, principalmente na população mais vulnerável. Por isso a importância da população dos grupos prioritários procurarem as unidades de saúde”, destacou a enfermeira Alessandra Arrigoni Mosquini, supervisora da Vigilância Epidemiológica.

Devem ser vacinados idosos acima de 60 anos, crianças entre seis meses e abaixo de cinco anos, gestantes, trabalhadores da saúde, profissionais de educação e mulheres que deram à luz há até 45 dias.

Também precisam receber a vacina, mediante comprovação, pessoas com doenças crônicas. A declaração médica ou mesmo uma receita de medicamento, relacionada à doença relatada, tem validade como comprovante.

PARCIAL

Dados da vigilância epidemiológica apontam que 27.428 pessoas foram vacinadas contra a gripe na cidade desde o dia 23 de abril. O número é referente ao período encerrado na tarde do dia 9 (quarta-feira) e corresponde a 39,08% do público-alvo e mais 5.195 pessoas com doenças crônicas ou outras indicações.

A maior cobertura continua entre os idosos. Dos 29.992 estimados, 50,64% já estão vacinados (15.187 doses aplicadas). Entre as mulheres que deram à luz recentemente, 41,10% também já foram imunizadas (150).

Como ocorre tradicionalmente, no grupo das crianças a resistência é maior: 18,24% foram vacinados (2.167 doses), ante a um total esperado de 11.878 pessoas nessa faixa etária. As equipes têm intensificado a informação nas comunidades para elevar a adesão.

As unidades imunizaram 31,42% dos trabalhadores da saúde, 29,16% das gestantes e 38,15% dos profissionais de educação aguardados. Ações específicas nos locais de trabalho, com grande número de pessoas, estão sendo agendadas pela Saúde.

A secretária municipal da Saúde, Kátia Ferraz Santana, agradeceu o esforço das equipes das UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e USFs (Unidades Saúde da Família) para que todas as pessoas com indicação da vacina sejam protegidas.

“Será um dia de grande festa na saúde, de celebração da vida. O Programa de Imunização está entre os mais bem-sucedidos do SUS (Sistema Único de Saúde), por isso, o Dia D é um muito esperado. Teremos a oportunidade de receber a população e mostrar um pouco do SUS que estamos construindo”, disse a secretária.

A relação completa das unidades de saúde de Marília pode ser conferida pelo endereço eletrônico marilia.sp.gov.br/prefeitura/secretaria-municipal-da-saude, link “estrutura organizacional”.

 

Fotos: Arquivo/Prefeitura de Marília

Facebook Email