Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
27
27 DEZ 2021
MEIO AMBIENTE E LIMPEZA PÚBLICA
Descartes clandestinos contaminam área de preservação na zona sul
enviar para um amigo
receba notícias
360 toneladas de resíduos diversos foram retiradas da área pública e, logo após a limpeza, novos descartes ocorreram, contaminando o local

A área publica localizada na rua Sérgio Araújo, bairro Paulo Correia de Lara, na zona sul da cidade, destinada à preservação permanente recebeu a limpeza para retirada de 360 toneladas de materiais descartados incorretamente, dentre estes, itens altamente contaminantes, como lâmpadas, pilhas, baterias e lixo eletrônico, que possuem em sua composição estrutural metais pesados, nocivos ao meio ambiente e à saúde pública, como chumbo, mercúrio e cádmio, que podem causar câncer e danos ao sistema nervoso.
Quando descartados incorretamente, estes materiais contaminam o solo e o lençol freático, causando sérios riscos à saúde e ao meio ambiente.
O secretário municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, Vanderlei Dolce, destaca as consequências negativas causadas pelos descartes clandestinos em áreas públicas.
“Marília conta com ecoponto construído justamente para receber os materiais que possam causar danos ambientais e, infelizmente, algumas pessoas pensam apenas em si, descartando clandestinamente em áreas públicas, contaminando essas regiões. Limpamos a área de preservação deste bairro na zona sul e, no mesmo dia, já tínhamos materiais descartados no local. Estamos desenvolvendo projetos neste local, descontaminando o solo, preparando para realizar melhorias na arborização, visando à recuperação ambiental desta importante região da nossa cidade, que abriga esta área de preservação, mas, com estes atos de vandalismos, torna-se impossível dar sequência nestas ações”, afirmou o secretário.
O coordenador de Limpeza Pública, Anílton Santos Rodrigues, explica os procedimentos administrativos a serem tomados.
“Estamos realizando levantamentos de imagens das câmeras de vigilância instaladas em estabelecimentos e serviços públicos na região, visando identificar aqueles que estão vandalizando esta área. Além das multas a serem aplicadas na esfera municipal, encaminharemos ofícios à Polícia Militar Ambiental por se tratar de degradação em área de preservação, e à Promotoria Pública para ajuizamento de ações que façam estas pessoas responderem judicialmente pelos crimes ambientais. Certamente serão multas pesadas e compensações ambientais onerosas aos infratores, mas não encontramos outro caminho, a não ser a punição pelos atos criminosos. Há tempos estamos apresentando projetos de melhorias ambientais em toda cidade, com boa aceitação da população, mas estes que ainda insistem em viver alheios ao bom convívio social, sem a devida educação necessária para respeitar os demais cidadãos, responderão por suas atitudes prejudiciais ao meio ambiente e a toda sociedade mariliense”, disse o coordenador.
A área receberá nova limpeza e cercamento, sendo que a fiscalização será ampliada para reverter esse quadro negativo na região, buscando dar melhor qualidade de vida às pessoas que residem nas proximidades.
A colaboração da população é essencial para estas melhorias, tanto realizando os descartes corretos junto ao Ecoponto ou em Cooperativas de Catadores de Recicláveis, como denunciando atos de vandalismo pelos telefones 3408-6700 – Secretaria do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, ou 0800-7766111 – Ouvidoria Geral do Município.

 

Fotos: Divulgação

Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia