Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
14
14 SET 2021
EDUCAÇÃO
Prefeitura divulga balanço da volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino
Secretaria da Educação apresentou também como será o retorno para os alunos da creche

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Educação, divulgou na manhã desta terça-feira, dia 14 de setembro, o balanço até o momento da volta às aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino.
Com relação ao Ensino Fundamental, dos 8.632 pais de alunos matriculados no Ensino Fundamental que responderam o questionário de adesão de retorno às aulas, 7.445 foram favoráveis, perfazendo o total de 86% dos alunos regularmente matriculados.

TEMPO INTEGRAL
Nas escolas municipais de tempo integral, a volta às aulas presenciais ocorreu no último dia 16 de agosto, sendo obrigatória às escolas e facultativa ao aluno.
As turmas foram subdivididas de acordo com os critérios da escola, sendo que o professor da manhã passou a atender metade da turma e o professor da tarde a outra metade. O horário de atendimento ao aluno é das 7h às 10h e das 13h às 16h, respectivamente.
Os alunos com dificuldades já foram encaminhados ao Reforço Escolar cujo período de realização é das 10h às 12h.
Como o número de alunos a ser atendido via Google Meet é pequeno, coube à escola eleger um professor para conduzir esse trabalho, de forma integrada. Ou seja, alunos de um mesmo ano (1ºA, 1°B e 1°C) são atendidos por um único professor da Unidade Escolar. O horário para esse atendimento é das 11h às 13h diariamente.
A quinzena final de agosto foi utilizada para adaptação dos alunos e da equipe escolar, além das atividades de acolhimento e introdução dos objetos de conhecimento de Língua Portuguesa e Matemática. Os objetos de conhecimento das Oficinas de Enriquecimento Curricular foram retomados a partir de setembro.
Já Língua Inglesa e Educação Física permanecem na modalidade remota dentro da Unidade Escolar, de acordo com a organização da escola.

TEMPO PARCIAL
Em agosto, as aulas presenciais são obrigatórias às escolas e facultativas aos alunos. Porém, diante das novas orientações e protocolos do Governo do Estado de São Paulo, através do decreto Nº 65.849 de 06/07/2021, foram realizadas algumas modificações na organização das mesmas.
O distanciamento entre as pessoas nos ambientes escolares é obrigatoriamente de 1 metro, para o desenvolvimento de quaisquer atividades; foi orientando aos familiares dos alunos que, ainda que a presença do aluno não seja obrigatória, a volta às aulas é. Então o aluno deverá cumprir todas as atividades, mesmo que não vá para a escola; as aulas presenciais terão três horas de duração; quanto ao atendimento na Plataforma, a escola teve autonomia para organizar como achar melhor; e Língua Inglesa e Educação Física permaneceram na modalidade remota/impressa, de acordo com a organização da escola.

EDUCAÇÃO INFANTIL
Em relação às Emeis (Escolas Municipais de Educação Infantil), excetuando-se as creches (ver abaixo como será a volta às aulas nessas unidades), dos 4.329 alunos matriculados nas turmas de Infantil 1 (4 anos de idade) e Infantil 2 (5 anos), 3.589 alunos (82,9%) já estão frequentando as escolas, seguindo todas as recomendações dos órgãos de saúde e o cronograma de cada escola, com atendimentos divididos em períodos da manhã e da tarde para os que optaram pelo presencial; sendo que em alguma escolas foi adotado o rodízio semanal.
Já os alunos das creches – turmas de Maternal 2 (3 anos de idade), Maternal 1 (2 anos) e Nível I e II (de 4 meses a 1 ano e 10 meses), após análise dos dados referentes à pandemia e situação sanitária mais favorável no município, considerando aspectos da contaminação e ocupação de leitos, em consonância com as normativas e decisões dos governos Federal e Estadual, a volta às aulas presenciais foi organizada da seguinte forma:
Maternal 2 – Na semana passada (6 a 10 de setembro) foram realizadas as reuniões de pais; esta semana (13 a 17) está sendo feita a avaliação diagnóstica, visando o acolhimento, a inserção e o diagnóstico das necessidades individuais. As crianças retornarão às atividades presenciais, em forma de rodízio (integral rodízio manhã e tarde / parcial rodízio semanal) de dia 20 de setembro a 1º de outubro com horário reduzido (2h30), sendo que após 15 dias do período de inserção, com horário reduzido, será reavaliada a situação e horário será ampliado, caso seja possível.
Maternal 1 – A partir do dia 20 de setembro todos os professores voltam ao trabalho presencial, cumprindo a jornada normal na escola. Na semana de 20 a 24 de setembro acontecerão as reuniões de pais. A avaliação diagnóstica será de 27 de setembro a 1º de outubro, visando o acolhimento, a inserção e o diagnóstico das necessidades individuais. As crianças retornarão às atividades presenciais, em forma de rodízio (integral rodízio manhã e tarde / parcial rodízio semanal) de 4 a 15 de outubro com horário reduzido (2h30), sendo que após 15 dias do período de inserção, com horário reduzido, será reavaliada a situação e horário será ampliado, caso seja possível.
Nível I e II – Os bebês de 4 meses a 1 ano e 10 meses permanecem na modalidade remota, com atendimento via Plataforma Google Sala de Aula, conforme o Plano de Retomada das Atividades Presenciais prevê, ao avançar de fase do Plano SP, a situação será reavaliada e gradualmente poderá acontecer o retorno às atividades presenciais para essa faixa etária.
“A nossa avaliação da volta às aulas é extremamente positiva, pois foi construída à base de diálogo com os pais e seguindo todas as recomendações sanitárias, visando à segurança de todos os alunos e também da equipe de servidores. O mais importante é que todos estão satisfeitos e a gestão do prefeito Daniel Alonso tem dado todo suporte para que a rede municipal de Marília continue sendo referência na educação”, afirmou o secretário municipal da Educação, Prof. Helter Bochi.


Fotos: Divulgação

Seta
Versão do Sistema: 3.1.7 - 02/12/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia