Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
11
11 DEZ 2018
INAUGURAÇÕES
Prefeitura melhora logística e inaugura novo “Serviço de Transporte da Saúde”

Antiga “Central de Ambulâncias” funcionará no mesmo local da Subfrota; barracões cobertos para veículos fica na avenida Nelson Spielmann

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, inaugura neste sábado (15), às 8h, o novo “Serviço de Transporte da Saúde”. Com essa conquista, o município desocupa a antiga estrutura do Terminal Urbano e amplia a segurança para usuários e servidores, além de oferecer melhores condições para conservação da frota.

Para o prefeito Daniel Alonso, a novidade representa melhoria logística. O novo serviço vai administrar em um único lugar a antiga Central de Ambulâncias e a Subfrota da Saúde. A medida deve representar economia e maior controle.

“Essa é uma conquista que precisamos comemorar. Há muito tempo a Central de Ambulâncias estava num local impróprio. Foi necessário um imenso esforço em localizar, negociar e adequar esse imóvel, atendendo às necessidades específicas da Saúde. Os beneficiados são os usuários do serviço e os contribuintes em geral”, disse o prefeito.

O amplo conjunto de garagens e a unidade administrativa foram reformados e receberam adequações para a nova finalidade. Os prédios estão localizados na avenida Nelson Spielmann, nos endereços 1.396 e 1.436 (distante  cem metros do Corpo de Bombeiros).

A conquista da Saúde, agora sob a liderança do secretário Ricardo Mustafá, teve início há vários meses e contou com o apoio do secretário Vanderlei Dolce (Meio Ambiente e Limpeza Pública), que possui experiência na gestão de espaço para frotas.

O município realizou a reforma com mão de obra e recursos próprios, sem a necessidade de licitação e dispendiosa contração de construtora.

SERVIÇO À VIDA

Entre os atendimentos prestados pela Central de Ambulâncias, explica a supervisora Elaine Paes Sorrilha, está o transporte de pacientes acamados e com mobilidade reduzida para consultas, exames e cirurgias.

Também é feita locomoção para sessões de fisioterapia e outros atendimentos em unidades de reabilitação, além de tratamentos específicos, como hemodiálise e quimioterapia, entre outros.

“É um serviço muito importante e reconhecido pela população. É de suma importância para que os pacientes acamados e com mobilidade reduzida possam ter continuidade em seus atendimentos, nos diferentes momentos e necessidades”, atribui a supervisora.

Já a subfrota, explica Elaine, tem entre suas funções a coleta de sangue e materiais para exames nas unidades de saúde, transporte de profissionais de saúde para atendimento domiciliar, circulação de malotes com documentações, além de outras necessidades administrativas da Saúde.

Faz ainda o transporte de usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) em TFD (Tratamento Fora de Domicílio), para outras cidades referência em especialidades, como São Paulo, Jaú, Botucatu, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, entre outras.

PRODUTIVIDADE

A Central de Ambulâncias (transportes internos no município) conta atualmente com 11 veículos em circulação. São quatro peruas, uma van, um microônibus e cinco ambulâncias, sendo uma de grande porte.

Somente em 2018, de janeiro a outubro, a Central prestou 4.336 atendimentos, sendo os principais retornos de alta hospitalar (2.038), hemodiálise/diálise (812), sessões de fisioterapia (586), consulta médica (248) em Marília.

Já a Subfrota totaliza 55 utilitários e 39 carros distribuídos em diversos setores da saúde. Além dos serviços internos administrativos e assistenciais, o setor atende a população nas viagens de TFD, que podem durar mais de um dia e empregam 18 motoristas.

Diariamente são entre oito e 12 saídas de Marília, rumo à Capital do Estado e outras cidades. Em 2018 foram transportadas em média 802 pessoas (entre pacientes e acompanhantes) a cada mês, em 236 viagens.

SERVIÇO

O novo serviço de Transporte da Saúde (Central de Ambulâncias e Subfrota) está localizado na avenida Nelson Spielmann, 1.396 e 1.436. Com a mudança das linhas telefônicas, a orientação é para usuários ou responsáveis comparecerem pessoalmente para agendamento. O número do novo telefone será divulgado em breve.

Fotos: Julio César de Carlis

VINCULADOS À PÁGINA:
Saúde
Seta
Versão do Sistema: 3.1.5 - 04/10/2021
Copyright Instar - 2006-2021. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia