Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
02
02 JUL 2018
PLANEJAMENTO ECONÔMICO
Orçamento Participativo: Mesmo com baixa adesão, audiências públicas têm a participação de moradores

Mesmo com pouca procura por parte dos moradores, a Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento Econômico, realizou na última semana audiências públicas para sugestão e discussão de demandas em detrimento do orçamento de 2019. Os encontros aconteceram de 26 a 29 de junho nas quatro zonas da cidade.

Foram quatro encontros em todas as regiões de Marília. A ação ocorreu em escolas municipais e teve a participação das secretarias da Fazenda, Assistência Social, Saúde, Educação e Obras Públicas. Diversas demandas foram discutidas com os moradores. O próximo passo é revisar essas propostas junto aos secretários municipais para colocá-las em prática.

O objetivo dos encontros foi aproximar os marilienses da gestão, possibilitando que os cidadãos apresentem as prioridades de suas localidades com relação aos serviços públicos e obras. “Mesmo com baixa procura, as audiências foram muito importantes para o planejamento. Precisávamos ouvir a população e os anseios dela”, disse Bruno Nunes, secretário municipal de Planejamento Econômico.

No dia 26 o encontro ocorreu na zona norte na Emef Mário Covas; dia 27 foi na zona oeste na Emef Chico Xavier; dia 28 ocorreu o encontro na zona sul na Emef Profª. Reny Pereira Cordeiro; e no dia 29 na zona leste na Emef Prof. Célio Corradi. Todos eles aconteceram das 19h às 20h.

Com essas audiências abertas à sociedade, a Prefeitura atendeu o artigo 48 da Lei de Responsabilidade Fiscal. “Precisamos atender aqueles que de fato vivem a cidade. Os moradores podem e devem opinar sobre o orçamento de Marília. Isto é muito importante para a administração pública”, disse Daniel Alonso, prefeito de Marília.

  

Fotos: Assessoria de Imprensa PMM/Mauro Abreu

Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia