Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
13
13 ABR 2022
DIREITOS HUMANOS
Direitos Humanos e Assistência firmam parceria com Senac/Ceprom para implementação em Marília do Programa Qualificar da Entrevias
enviar para um amigo
receba notícias
A iniciativa também vai ao encontro a dois importantes pilares de desenvolvimento sustentáveis estipulados pela ONU

A Entrevias Concessionária de Rodovias criou um programa de capacitação profissionaal de imigrantes e comunidade local situação de vulnerabilidade social e conta com a parceria do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) e da Prefeitura de Marília, por meio das secretarias municipais da Assistência e Desenvolvimento Social e de Direitos Humanos.
Trata-se do programa Qualificar, que foi lançado na sexta-feira, dia 8 de abril, no Senac de Marília.
A novidade é que de forma pioneira a Entrevias oferece a brasileiros e refugiados oportunidades para aprenderem técnicas de atendimento ao cliente, etiqueta no mercado de trabalho, desenvolvimento sustentável e política organizacional da Concessionária.
“Queremos oferecer ferramentas a essas pessoas para que elas consigam se recolocar no mercado de trabalho e, quem sabe, possam vir trabalhar conosco na Entrevias", afirmou Cláudia Figueiredo, Relações Institucionais da Entrevias.
A iniciativa também vai ao encontro a dois importantes pilares de desenvolvimento sustentáveis estipulados pela ONU, como a redução da desigualdade social e a oferta de emprego digno.
“Iremos preparar pessoas em situação de vulnerabilidade social e imigrantes para participar do programa Qualificar da Entrevias e também para o mercado de trabalho local. Parcerias desse tipo com o envolvimento do poder público local, via Senac e da iniciativa privada por meio da Entrevias, são muito importantes para alavancar a economia, gerando emprego e renda”, disse Wania Lombardi, secretária de Assistência e Desenvolvimento Social.
Para o secretário municipal de Direitos Humanos, Delegado Wilson Damasceno, o programa deve prosperar e trazer nova perspectiva de recolocação profissional aos moradores da cidade. "Certamente essa semente vai gerar resultados positivos para as pessoas inscritas nos cursos, possibilitando conhecimento tão necessário para vida profissional, lembrando a orientação do prefeito Daniel Alonso para um trabalho incessante de inclusão no município", afirmou Damasceno.
O curso teve início em 11 de abril, com vagas destinadas a pessoas com mais de 18 anos, que tenham ensino fundamental completo e residam em Marília. Com duração de oito dias, tem módulos ministrados no Senac de Marília e no Ceprom (Centro Profissional de Marília).
"Percebemos a relevância que esse projeto tem e por isso ele foi pensado para atender imigrantes, refugiados e pessoas que busquem uma recolocação", frisa a gerente do Senac Marilia, Andréia Peretti Sangaletti.
Nesse período a concessionária irá arcar com custos de vale-transporte e, ao final, todos os participantes recebem um certificado de conclusão.
Participaram do evento as instituições Ceprom, Senac, Secretarias de Direitos Humanos e de Assistência e Desenvolvimento Social, com a presença do prefeito Daniel Alonso, do vice-prefeito Cícero do Ceasa. Representando o poder Legislativo, o vereador Ivan Negão. E também a presença dos secretários Delegado Wilson Damasceno (Direitos Humanos), Nelson Mora (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico), Vicente Moraes (Diretoria de Habitação), Wania Lombardi (Assistência e Desenvolvimento Social); além de Eduardo Azevedo (Núcleo de Apoio Humanitário da Secretaria de Direitos Humanos), Cláudio Rogério (supervisor de projetos do Ceprom), Andreia Sangaletti (diretora do Senac) e Alessandro Gomes (técnico de educação profissional do Senac).
Também estiveram presentes profissionais atuantes da Entrevias, alunos das comunidades locais e imigrantes.


Fotos: Divulgação

Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia