Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
10
10 JUN 2022
SAÚDE
Vigilância Sanitária interdita equipamentos de bronzeamento artificial em Marília
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Uso do aparelho é proibido pela Anvisa

Denúncias de estabelecimentos com atividade de estética e outros serviços de cuidados com a beleza utilizando equipamentos de bronzeamento artificial, levou a Divisão de Vigilância Sanitária de Marília a constatar a existência do equipamento não permitido em locais na Zona Oeste e Central da cidade. As duas ocorrências ocorreram no início do mês de junho.

Amparados pela Resolução da Anvisa RDC nº 56 de 09/11/2009 que proíbe em todo território nacional o uso dos equipamentos para bronzeamento artificial, com finalidade estética, baseada na emissão da radiação ultravioleta (UV), as autoridades sanitárias que estiveram in loco interditaram o equipamento com a lavratura imediata de Auto de Infração e Auto de Imposição de Penalidade de Interdição do equipamento.

Segundo a Organização Mundial da Saúde – O.M.S., a exposição às radiações ultravioleta faz parte da lista de práticas e produtos carcinogênicos para humanos, sendo assim a prática do bronzeamento artificial aumenta consideravelmente o risco de câncer de pele, principalmente o melanoma em pessoas que se submetem ao procedimento.

O médico veterinário Luciano Rocha Villela, Supervisor da Vigilância Sanitária do município, ressalta que “não se comprova nenhum benefício que justifique o uso desses equipamentos que podem causar uma doença maligna ao organismo humano e que a proibição não se aplica aos equipamentos com emissão de ultravioleta destinados a tratamento médico ou odontológico com o devido registro na Anvisa.”

A Vigilância Sanitária acolhe denúncias e reclamações através da Ouvidoria do Município pelos canais:
0800 77 66 111 (Telefone)
99799-6361 (WhatsApp)
[email protected] (e-mail)

Fotos: Divulgaçao

Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia