Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
27
27 FEV 2024
SAÚDE
Prefeitura Municipal de Marília e Secretaria Municipal da Saúde informam sobre disponibilidade da vacina contra covid e ressaltam a necessidade das doses de reforço
enviar para um amigo
receba notícias
Todas as unidades de saúde realizam a aplicação do imunizante, essencial para o enfrentamento da covid-19. Cidade registrou 4º óbito pela doença neste ano de 2024
A vacina contra covid-19 continua sendo disponibilizada em todas as unidades de saúde de Marília, mas a adesão do atual público-alvo à Campanha Nacional de Vacinação segue em baixa. Em dezembro de 2023 foram aplicadas apenas 772 doses de reforço. No mês seguinte, quando houve inclusão de novos grupos por parte do Ministério da Saúde, 1.557 pessoas receberam o imunizante. O número, no entanto, caiu no mês do período do carnaval, chegando a apenas 876 doses aplicadas. A cidade registrou em 2024 4 óbitos pela covid-19.
 
A título de comparação do que significa esta quantidade de doses aplicadas, somente o grupo formado por profissionais da Saúde - prioritário desde o início da campanha - é formado por 22 mil pessoas. “Nós levamos a vacina até asilos, acamados e outros locais que precisam. Ligamos para várias instituições de saúde e de outros grupos, mas infelizmente poucas doses são solicitadas. Temos estoque e as vacinas estão paradas por causa da falta de procura”, alertou a enfermeira responsável pelo Programa Municipal de Imunização, Juliana Carvalho Bortoletto Gomes.
 
Atualmente, o Ministério da Saúde estabeleceu que o público-alvo é formado por idosos com 60 anos ou mais, pessoas imunocomprometidas, gestantes e puérperas. Tais grupos devem receber uma dose de reforço com a vacina bivalente a cada seis meses. Já o restante dos grupos devem retomar a vacina anualmente. Entre essas pessoas vivendo em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente, pessoas comorbidade, pessoas privadas de liberdade maiores de 18 anos, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescente e jovens cumprindo medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.
 
Outros grupos
 
Desde o início de 2024, a imunização contra a covid-19 está incluída no Calendário Nacional de Vacinação das crianças de 6 meses a menores de 5 anos. Nessa faixa etária, o esquema vacinal completo contará com 3 doses, que deverão ser aplicadas seguindo os intervalos recomendados: 1ª dose para a 2ª dose: intervalo de 4 semanas; e 2ª dose para a 3ª dose: intervalo de 8 semanas. A criança que tiver tomado as três doses em 2023, não vai precisar repetir doses em 2024. Esse grupo também está sendo atendido em todas as unidades.
 
Mais uma vítima
Marília sofreu um triste óbito em decorrência da covid-19 e chegou a 4ª neste ano de 2024. Trata-se de uma mulher de 86 anos com hipertensão arterial sistêmica que foi internada no último dia 18 de fevereiro, mas não resistiu ao agravamento da doença e veio a óbito dois dias depois, em 20 de fevereiro de 2024.
 
Funcionamento
 
O Município possui unidades de saúde distribuídas em todas as regiões de Marília, com atendimento das 7 às 17 horas, além de duas unidades de emergência (UPA e PA). A unidade de saúde Nova Marília, na zona Sul, também atende no período noturno, das 17 às 22 horas. É o programa Melhor Horário para o Trabalhador, que no ano passado atendeu quase 19.500 pessoas. “A vacinação é segura e recomendo que a população procure os postos de saúde e conclua o esquema vacinal para se manter protegido contra a covid-19”, afirmou o secretário municipal da Saúde e médico, Dr Osvaldo Ferioli Pereira.
 
Fotos: Divulgação
 
 
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia