Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
30
30 AGO 2018
ADMINISTRAÇÃO
Prefeitura envia projeto de lei à Câmara para revogar lei que permitia o fechamento da Estrada Municipal MAR-114
enviar para um amigo
receba notícias

Como já havia antecipado na última terça-feira (28), caso não houve consenso entre a Concessionária Entrevias e a comissão de moradores dos condomínios de chácaras Vila Bela 1, 2 e 3, Ipês, Pinhais, Fazenda do Estado, Centro Mesquita, Granja Shintaku e empresas Bovimex e Saneflux, entre outras, o prefeito Daniel Alonso enviou na tarde desta quinta-feira (30) um Projeto de Lei à Câmara Municipal, solicitando a revogação da Lei número 8.259, de 28 de junho de 2018, que permitia o fechamento do acesso existente da Estrada Municipal MAR-114 à Rodovia SP-333.

Nova tentativa de acordo entre os moradores – que querem a isenção do pedágio – e a Entrevias aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), no auditório do Paço Municipal (2º andar da Prefeitura), com as presenças do secretário municipal da Administração, Ricardo Sevilha Mustafá; e dos vereadores Wilson Damasceno (presidente da Câmara), Marcos Rezende, Cícero do Ceasa, João do Bar, José Luiz Queiroz, José Carlos Albuquerque, Evandro Galete e Maurício Roberto.

A Concessionária Entrevias estava representada pelo presidente Sérgio Santillan, pelo diretor de engenharia Mauro França e pelo gerente de engenharia Emerson Granzotti.

No início do encontro, os moradores expuseram os motivos pelos quais querem a isenção do pagamento do pedágio, recentemente instalado e que ainda não está em funcionamento – depende de autorização da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) para que a cobrança seja iniciada.

Os vereadores mostraram-se solidários com os moradores daqueles locais, propondo também que a Entrevias faça a isenção a estes usuários, que seriam devidamente cadastrados.

Como a concessionária, por ora, não irá conceder a isenção, a Prefeitura de Marília enviou o Projeto de Lei para revogar a lei 8.259 e, assim, garantir que os moradores continuem utilizando a MAR-114 e não precisem pagar o pedágio.

“O prefeito Daniel Alonso quer um consenso entre os moradores e a Entrevias. Enquanto isto não acontece, vai tomar as medidas necessárias para que os munícipes daqueles locais não sejam prejudicados. Futuramente, caso a isenção aconteça, poderá formular outra lei autorizando o fechamento da estrada”, afirmou Ricardo Mustafá.

Fotos: Mauro Abreu/Assessoria de Imprensa PMM

Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia