Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
ABR
25
25 ABR 2022
DIREITOS HUMANOS
Secretaria de Direitos Humanos apoia Projeto Crisálida dos alunos da Etec
enviar para um amigo
receba notícias
O Projeto Crisálida tem o objetivo de arrecadar absorventes para combater a pobreza menstrual

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos esteve reunida na última quarta-feira (20) com representantes da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, através do Centro de Referência da Mulher, para apoiar a iniciativa de alunos da Etec Antônio Devisate de arrecadação de absorventes, do Projeto Crisálida.
O projeto tem o objetivo de arrecadar absorventes para combater a pobreza menstrual, expondo o assunto “menstruação” a fim de evitar o preconceito e gerando empatia social com relação às mulheres.
Em princípio, o projeto teve início para suprir a necessidade das alunas carentes da Etec. Com a colaboração dos alunos, funcionários e a parceria da Secretaria de Direitos Humanos, foram arrecadadas cerca de 800 unidades de absorventes, que foram doados para o Centro de Referência da Mulher de Marília.
De acordo com a aluna Bianca de Souza Barbosa, coordenadora do Projeto, o engajamento dos professores, coordenadores e alunos foi essencial para a arrecadação.
Para o coordenador do ensino médio, Prof. Marco Antônio Machado, afirmou que houve uma importante conscientização dos alunos para que compreendessem a necessidade de falar sobre o assunto, deixando de lado a vergonha e o preconceito. Além disso, observou que estava havendo grande evasão escolar em épocas dos ciclos menstruais, pois algumas estudantes sequer tem acesso aos absorventes e não estavam indo para escola.
Adriana Tognoli, advogada e coordenadora do Centro de Referência da Mulher, agradeceu a doação e elogiou o projeto, destacando a importância de abranger outros temas como assédio, desigualdade de gênero e a violência contra a mulher nos ambientes escolares.
O evento contou com a presença do secretário de Direitos Humanos, Delegado Wilson Damasceno, que se dispôs em apoiar demais projetos realizados pela Etec Antonio Devisate e colocou a secretaria à disposição da escola, alunos e professores para as parcerias.


Fotos: Divulgação

Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia