Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
SET
14
14 SET 2018
PLANEJAMENTO ECONÔMICO
Prefeitura promove reunião com ONGs de Proteção Animal e destaca conquista do Castramóvel para Marília

Modelo do Castramóvel será um trailer semirreboque em sua cor básica branca, com dimensões mínimas de 2,40 metros de largura por 6 metros de comprimento

A Prefeitura de Marília,  juntamente com os secretários municipais Ricardo Mustafá (Administração) e Bruno Nunes (Planejamento Econômico) e o vereador Cícero do Ceasa, reuniu-se na última quarta-feira (12), com diversas ONGs de proteção animal.

O encontro, que ocorreu no gabinete do chefe do executivo, abordou a conquista do Castramóvel e quando ele estará disponível para utilização da população.

A conquista do Castramóvel para Marília foi de um atual deputado federal (o nome do parlamentar foi omitido por regras eleitorais), da Câmara Municipal, da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, das ONGs e ativistas de proteção animal da cidade.

O empresário, diretor do Ceasa de Marília, e ativista da causa Átila Colognesi também teve participação na conquista e estava na reunião.

O valor de R$120 mil de emenda federal já está disponível para a Prefeitura desde o dia 6 de setembro, porém para a compra do veiculo é preciso abrir um processo licitatório, fato este que deve ocorrer nos próximos dias constando no diário oficial. Segundo expectativas informadas às ONGs, em até 60 dias esse processo deve ser concluído.

“Infelizmente nossa cidade conta com grande número de animais em situação de risco. A preocupação é que, além de indefesos, os animais em situação de abandono auxiliam na proliferação de doenças. É importantíssimo olharmos com carinho para a causa, valorizar o trabalho das ONGs e voluntários, atentar o Poder Público para atuar fortemente nesse caso que também é de saúde pública”, disse o vereador Cícero do Ceasa.

O modelo do Castramóvel para Marília será um trailer semirreboque em sua cor básica branca, com dimensões mínimas de 2,40 metros de largura por 6 metros de comprimento. Dependendo do contrato firmado com a empresa ganhadora e do modelo poderá haver uma contrapartida do município de até R$ 8 mil.

O equipamento móvel com clinica veterinária vai transitar pelos bairros, cuidando e castrando os animais, evitando o nascimento em massa, o abandono e maus tratos.

Prefeitura de Marília destaca a conquista quanto às ações do município para com a saúde animal são históricas e representam responsabilidade. “Temos que tratar esse assunto com seriedade. Temos muito respeito pelas ONGs que trabalham no município, porque se não fosse a atuação destas organizações, a situação estaria muito mais difícil. Acreditamos nas parceiras. Por isso é que estamos avançando, sem nos omitir no que compete à Prefeitura ”, destacou.

No encontro também foi abordado uma possível parceria ou convênios com as instituições de ensino de Marília, como a FAIP/FAEF e Unimar (Universidade de Marília) para utilização e manutenção do veículo.

Uma comissão formada por membros das ONGs e outros ativistas deve ser formada para um mapeamento junto à secretaria da saúde para identificar os locais que o castramóvel deverá atuar.

REFORMA COMPLETA DO CVA

Recentemente a Prefeitura de Marília concluiu a construção de novo canil no CVA (Centro de Vigilância Ambiental), localizado na zona norte da cidade, triplicando o número de vagas para cães em observação. Iniciativa fortaleceu as ações do município no controle de zoonoses.

O espaço é voltado a animais que apresentam sintomas de doenças que podem ser transmitidas ao homem. Também são observados cães que atacaram pessoas ou estão errantes e com comportamento agressivo, gerando risco à população.

O local contava com apenas 12 baias e com a reforma passou a ter 32. Devido à grande demanda, a ocupação já está definida. Castrados e acompanhados por veterinários, parte destes animais ganha um novo lar, mediante à doação com termo de responsabilidade.

Fotos: Mauro Abreu/Assessoria PMM

Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia