Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
21
21 NOV 2019
ESPORTES,LAZER E JUVENTUDE
Estrelas da natação brasileira brilham nas piscinas dos Jogos Abertos
enviar para um amigo
receba notícias

Os campeões mundiais Nicholas Santos, Felipe França e Leonardo de Deus foram alguns dos competidores presentes no Yara Clube

Na manhã da quarta-feira (20), as piscinas do Yara Clube mais pareciam uma constelação, tamanha a quantidade de estrelas da natação brasileira dando um show em cada uma das modalidades disputadas: nado costas, nado peito, nado borboleta, nado livre, revezamento misto e nado medley. Ao todo foram 21 provas disputas por 300 atletas nas categorias feminino e masculino. 

Os grandes nomes do esporte na atualidade vieram representando principalmente, a equipe de Santos. Entre os destaques Nicholas Santos – Mundial Fina (Coréia); Leonardo de Deus – Mundial Fina (Coréia), Mundial Militar (China) e Pan-americano (Peru); André Calvelo – Mundial Fina (Coréia) e Mundial Militar (China); e Gabrielle Roncatto – Pan-americano (Peru) e Mundial Militar (China). Além dos atletas Lucas Santos (Mundial Escolar Rio e Mundial Júnior Fina (Budapeste); Vitor Colonese – Mundial Fina (Coréia), Mundial Militar (China) e Pan-americano (Peru), Felipe França – maior vencedor individual no campeonato Mundial de Natação, e Pedro Motta – Mundial Júnior, que reforçou o time de Ribeirão Preto.

Para o bicampeão mundial Nicholas Santos o evento é super tradicional no interior de São Paulo. “Sei disso porque sou natural de Ribeirão Preto. Hoje tem outras competições que levo como principais na minha vida, mas os Abertos servem de treinamento e aprendizado”, reforça.

Quando competiu pela primeira vez em Marília, o atleta ainda morava em Ribeirão Preto. “Faz tempo que não venho para cá. Estar aqui é muito bom porque os Abertos permitem a troca de experiências entre atletas amadores e profissionais, além de fomentar o esporte entre o público”, disse Nicholas.

No primeiro dia de competições, as equipes campeãs na classificação parcial tanto na natação feminina quanto na masculina, são as cidades de Santos (1º lugar); Indaiatuba (2º lugar) e Ribeirão Preto (3º lugar).

Segundo Maria Aparecida Forte Araújo, técnica assistente da modalidade, é difícil escolher uma favorita, pois o nível técnico dos atletas está alto. “Fazia tempo que a natação não atraia tantos nomes de peso. Ainda faltam 18 provas, que serão realizadas nesta quinta-feira (21), mas, pelo andar das coisas, a equipe de Santos é uma das favoritas ao título de campeã”.

Nessa edição dos Jogos Abertos a natação convencional é disputada entre 55 cidades. Depois do Atletismo, a natação é a modalidade esportiva que mais reúne árbitros por prova. São 60 na primeira modalidade e 45 na natação.

A equipe de Marília, comandada pelo técnico Mário Toshi, apesar dos esforços não medalharam no primeiro dia de competições. Na quinta-feira, os nove atletas voltam às piscinas do Yara Clube.

Galerias de Fotos Vinculadas
21/11/2019
Estrelas da natação brasileira brilham nas piscinas dos Jogos Abertos
Fotos da Notícia: Estrelas da natação brasileira brilham nas piscinas dos Jogos Abertos
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia