Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Notícias
Principal   Notícias
 

03/12/2019 às 13:50:00
Com 100% da rede de saúde informatizada, Marília apresenta experiência em Seminário Nacional
Seminário Nacional de Prontuário Eletrônico para Atenção à Saúde Primária foi realizado em São Paulo

Município convidado pela experiência de sucesso na implantação e utilização do Prontuário Eletrônico, Marília participou com destaque do Seminário Nacional de Prontuário Eletrônico para APS (Atenção Primária à Saúde), realizado em São Paulo, pelo Ministério da Saúde.

O evento foi promovido pelo órgão federal em parceria com a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP). Foram apenas dois dias de encontro, mas a programação intensa trouxe apresentações de especialistas da Espanha, de Portugal, da Holanda e do Reino Unido.

A enfermeira apoiadora da Atenção Básica Fabiana Fernandes dos Santos, da Secretaria Municipal da Saúde, a cidade foi escolhida pelo Ministério da Saúde para ser piloto no desenvolvimento do sistema de prontuário eletrônico para Atenção Primária graças a sua rede de saúde 100% informatizada, com acesso à internet e profissionais envolvidos no uso e desenvolvimento de sistemas de informação em saúde.

“O seminário foi o pontapé inicial para discutir o modelo de sistema de prontuário para a Atenção Primária, principalmente com o recente lançamento do programa do Ministério da Saúde, que vai informatizar todas as unidades de saúde do país”, disse Fabiana.

Em países como os já mencionados, o uso de sistemas de prontuário eletrônico está consolidado e as pesquisas relacionadas ao desenvolvimento da ferramenta, bem como análise dos bancos de dados, servem como referência para avanços na APS brasileira.

ALTO NÍVEL

Um dos palestrantes do seminário, Kees van Boven, professor do Departamento de Cuidados Primários e Comunitários da Universidade de Radbound, na Holanda, e médico de família há 30 anos, falou sobre o prontuário eletrônico como ferramenta para melhorar a coleta das informações em saúde da APS, além de ressaltar a importância de definir os parâmetros dos sistemas que garantam a qualidade dos dados.

Recentemente, o Ministério da Saúde lançou o Conecte SUS, uma estratégia de saúde digital. Uma das frentes é a Informatização da Atenção Primária à Saúde. Será repassado aos municípios que aderirem ao programa o custeio mensal que varia de R$ 850,00 a R$ 2,3 mil pelas equipes de Saúde da Família (eSF) e equipes de Atenção Primária (eAP) que produzirem informações qualificadas por meio de prontuário eletrônico.

O projeto vai além da instalação de dispositivos eletrônicos e busca investir na melhoria da qualidade da assistência à saúde por meio da tecnologia da informação. E foi isso que os participantes do seminário discutiram amplamente.

A informatização traz benefícios, ao mesmo tempo, para gestores, profissionais de saúde e cidadãos. Para que o cidadão possa ter o histórico de atendimento em mãos, de fácil acesso e diretamente pelo celular, as informações do usuário precisam ser inseridas no prontuário eletrônico durante o atendimento.

Um dos inúmeros benefícios de para os profissionais de saúde é o acesso rápido, sem uso de arquivo físico, às informações de saúde e intervenções realizadas para auxiliar a tomada decisão, além de proporcionar dados mais fidedignos sobre a condição do indivíduo.

Já uma vantagem para a gestão municipal, estadual e federal é ter dados de qualidade que subsidiem as ações de saúde nas comunidades, podendo levar à redução de custos com otimização dos recursos.




Fotos: Divulgação

 
 
 
 
Rua: Bahia, nº 40 - Centro/ CEP: 17501-900
Atendimento de Segunda-feira a Sexta-feira das 08 ás 14 horas
Inscreva-se em nossa newsletter e receba informativos
Facebook
Facebook
Instagram
Instagram
Seta
Copyright Instar - 2006-2019. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia