Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
24
24 JUN 2020
CORONAVÍRUS
Chefe do Executivo agradece governo pela vinda de respiradores para estruturar ainda mais hospitais de Marília e da microrregião
enviar para um amigo
receba notícias
Prefeito segue questionando método classificatório utilizado no Plano São Paulo

O prefeito Daniel Alonso participou na manhã desta quarta-feira, dia 24, da 9ª Reunião do Conselho Municipalista, que reúne a equipe técnica do Governo do Estado de São Paulo e os prefeitos das 16 regiões administrativas.
No encontro, realizado por videoconferência e coordenado pelo secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, com a participação de outros secretários estaduais, como Patrícia Ellen (Desenvolvimento Econômico), Daniel Alonso agradeceu a vinda de mais respiradores para a região de Marília.
“Agradeço a toda equipe do governador João Doria, através do Comitê de Contingenciamento, por ter enviando respiradores para Marília, incluindo as quatro microrregiões de Assis, Ourinhos, Tupã e Adamantina, que pertencem a nossa DRS (Diretoria Regional de Saúde). Com isso, teremos condições do que duplicar a nossa capacidade de número de leitos de UTI, principalmente fazendo uma estruturação nessas microrregiões e, esta forma estratégica e inteligente, faz com que a região não fique dependente só de Marília. Este é o nosso objetivo e estamos conseguindo. Por isso só temos a agradecer a toda equipe do governo”, afirmou o chefe do Executivo.
Segundo Daniel Alonso, atualmente a ocupação de leitos em Marília gira em torno de 30% a 34%. “A nossa situação ainda é confortável e vai melhorar mais com a chegada de mais respiradores. Estamos intensificando as testagens em vários bairros e felizmente até agora não tivemos caso positivado nessa estratégia casa a casa, o que é bastante importante.”
Daniel informou também que continua questionando o método de avaliação do governo para definir as fases classificatórias do Plano São Paulo. “Marília ficou com o seu comércio muito tempo fechado, pois começamos até antes do Estado a nossa quarentena. Isso fez com que a nossa cidade ficasse muito tempo com índices melhores que às demais cidades. Aí quando houve a flexibilização por parte do governo, Marília infelizmente sempre esteve na fase restritiva, seja vermelha ou laranja. Os nossos índices continuam confortáveis, mas estamos sendo penalizados com esse método de avaliação, que não concordo e por isso estou questionando. Deixo claro que apoio integralmente o Plano São Paulo, exceto esse método classificatório, que mais complica do que soluciona, e está sendo muito sofrido para todos nós.”


Foto: Assessoria de Imprensa PMM

Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia