Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
23
23 OUT 2017
SECRETARIAS
Marília inicia ‘Cidade Limpa’ na abertura da Semana Nacional de Combate ao Aedes
enviar para um amigo
receba notícias

Ação de coleta de resíduos acontece de 23 a 31 de outubro e culmina com a agenda nacional que envolve unidades de saúde, escolas e centros de assistência social

Será aberta em Marília, na manhã de segunda-feira (23), duas grandes ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. O município aderiu à “Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para o combate ao Aedes aegypti”. Marília também participará da Operação Cidade Limpa, em parceria com a TV TEM.

O lançamento das ações será feito pelo prefeito Daniel Alonso, no início da manhã, na Garagem Municipal (avenida República). Estão sendo mobilizados centenas de servidores, incluindo equipes da Saúde, Meio Ambiente e Limpeza Pública e apoio da Secretaria de Obras.

A primeira região atendida será a zona norte da cidade, seguida da zona leste, centro e oeste, com encerramento na região sul. Em etapa posterior, será feita limpeza também nos distritos de Marília. O programa de iniciativa da TV TEM realizado com as prefeituras, envolverá diretamente as secretarias de Meio Ambiente e Limpeza Pública, Saúde e Obras.

SEMANA NACIONAL

De 23 a 31 de outubro, está assinalado no calendário da saúde a “Semana Nacional de Mobilização dos setores da Educação, Assistência Social e Saúde para o combate ao Aedes aegypti”. Mais de 210 mil unidades públicas e privadas de todo o Brasil estão sendo mobilizadas.

O objetivo é que durante a semana de mobilização a população seja alertada sobre a importância de combater mosquito transmissor de doenças, como dengue, zika e chikungunya, já antes do verão, período do ano quando acontece o maior volume de chuvas, o que facilita a reprodução do Aedes aegypti. Ao todo, serão mobilizadas 146.065 escolas da rede básica, 11.103 centros de assistência social e 53.356 unidades de saúde.

Estados e municípios tem autonomia para definir quais ações serão realizadas durante a ação,mas a orientação da Sala Nacional é que sejam realizadas atividades que envolvam a prevenção e o combate do Aedes, como mutirões de limpeza, distribuição de materiais informativos, realização de rodas de conversas educativas, oficinas, teatros e gincanas.

Em Marília as ações estão sendo articuladas pelas secretarias da Saúde, Educação e Assistência Social, com apoio das demais pastas. Estão previstas palestras, distribuição de material, treinamentos, reuniões com grupos setoriais e atividades de incentivo à sociedade civil organizada.

Em 2017, a cidade registrou 27 casos confirmados da doença. O risco fica maior nestes três últimos meses do ano. O alerta deve se manter nos três primeiros meses de 2018, até o fim da temporada de chuvas. Com o inverno e a estiagem, as notificações tendem a reduzir, porém ainda há risco de transmissão e as ações serão mantidas.

Fotos: Assessoria PMM – Julio César de Carlis

Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia