Ir para conteúdo do site

Ir para conteúdo

Prefeitura Municipal de Marília - SP
Acompanhe-nos:
Facebook
Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
06
06 JUL 2015
PROJETOS
Jogos Olímpicos Rio 2016: Marília receberá a Tocha Olímpica

Solenidade realizada em Brasília na sexta-feira (03) confirmou que Marília fará parte do calendário de revezamento da Tocha Olímpica 2016, um evento tradicional e que marca os preparativos para os jogos Olímpicos e Paralímpicos, que serão realizados pela primeira vez no Brasil no ano que vem. Os jogos acontecerão no Rio de Janeiro.

O prefeito de Marília, Vinicius Camarinha participou do evento realizado na capital federal e que contou com a presença da presidente Dilma Rousseff e do presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman.

“Será uma honra para a nossa cidade fazer parte da história do esporte brasileiro. O Brasil vai sediar pela primeira vez os jogos olímpicos e o revezamento da tocha antecede aos jogos. A Tocha Olímpica tem uma simbologia, que remete ao início dos jogos na Grécia, é um evento importante e que trará visibilidade para Marília. Poucas cidades do país sede são escolhidas, o Brasil tem mais de 5 mil municípios e 300 receberão a Tocha Olímpica, ficamos muito felizes com a notícia. O evento realizado em Brasília foi bastante concorrido e já demonstrou o quão grande serão os jogos de 2016”, disse o prefeito Vinicius Camarinha, que aproveitou para falar dos preparativos para a competição com o prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes.

Vinicius ainda esteve com representantes dos três grandes patrocinadores dos jogos olímpicos no Brasil: Bradesco, Coca-Cola e Nissan.

“Convidamos o presidente da Coca-Coca Brasil Xiemar Zarazúa e o presidente da Nissan François Dossa para visitar a nossa cidade, além de encontrar também o presidente do Bradesco Luiz Carlos Trabuco Cappi, que é mariliense.

Quanto ao calendário do revezamento, a escolha das cidades é realizada obedecendo-se a rigorosos critérios logísticos, turísticos e culturais.

De acordo com informações do Comitê Rio 2016, o objeto símbolo da Olimpíada viajará por cerca de cem dias pela Grécia e Brasil, percorrerá 10 mil milhas em um avião, 20 mil quilômetros por estradas brasileiras e passará por 250 do país. Tudo isso, antes de chegar ao estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, durante a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, marcada para 5 de agosto de 2016.

Já se sabe, porém, que a tocha será acesa em Olímpia, cidade-berço da Olimpíada, assim como acontece há décadas antes do início de toda Olimpíada. Depois, a tocha viajará uma semana por cidades gregas até chegar a Atenas.

“De Atenas, a tocha seguirá direto para o Brasil num avião. Em território nacional, a tocha será levada a todos os Estados do país. Todas as 27 capitais brasileiras receberão a Tocha Olímpica”, revelou o chefe do Executivo.

“Ao conquistar os Jogos Olímpicos de 2016, prometemos integrar o país aos Jogos – um evento feito por todos, para todos os brasileiros e com a cara do Brasil para o mundo. Realizar o revezamento da Tocha Olímpica no país inteiro é cumprir essa promessa e dar a milhões de pessoas a chance de participar de uma comemoração que ficará na memória”, disse em nota o presidente do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman.

 

Assessoria de Imprensa

Fotos: Divulgação

VINCULADOS À PÁGINA:
Esportes, Lazer e Juventude
Rua: Bahia, nº 40 - Centro/ CEP: 17501-900
Atendimento de Segunda-feira a Sexta-feira das 08 ás 17 horas
Inscreva-se em nossa newsletter e receba informativos
Facebook
Facebook
Instagram
Instagram
Seta
Copyright Instar - 2006-2020. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia